domingo, 21 de agosto de 2011

RADARES ELETRÔNICOS

NOVOS RADARES ELETRÔNICOS FUNCIONAM AINDA NESTA SEMANA NA BR-230:

Foto: DNIT
Serão ativados ainda nesta semana mais radares eletrônicos para o controle de velocidade na BR-230, nos municípios de Cabedelo, João Pessoa e Santa Rita. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Trânsito (Dnit) na Paraíba, os aparelhos começam a funcionar em fase de testes. O limite de velocidade na região metropolitana de João Pessoa é de 80km/h. A data precisa da ativação não foi detalhada.
Conforme o calendário do órgão, os últimos equipamentos já deveriam estar funcionando, mas houve um atraso na instalação devido à chuva. De acordo com o Dnit, os equipamentos vão funcionar diuturnamente, sem interrupção.

Redução de acidentes:

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve uma redução de 47,76% no índice de acidentes desde que os radares fixos foram implantados.

Multas:

O condutor do veículo que ultrapassar até 20% do limite da velocidade cometerá uma infração média, sofrendo uma multa de R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Para quem ultrapassar mais de 20%, a infração é tida como grave e gera multa de R$ 127,69, mais cinco pontos na CNH. Ultrapassando o limite acima de 50%, a infração é considerada gravíssima com multa de R$ 574,62 e sete pontos na CNH.

Proximidades dos radares fixos:

Sentido - Cabedelo/João Pessoa:


- Km 16,3 – Faculdade Asper
- Km 20 – Trevo da UFPB
- Km 22 – Depois da UNIPÊ

Sentido – João Pessoa/Cabedelo:

- Km 20,5 – Trevo da UFPB
- Km 22 – Depois da UNIPÊ

Sentido – Santa Rita/João Pessoa/Santa Rita:

- Km – 39,4 e 40,5 – Várzea Nova

Mudanças até 2013:

A previsão do Dnit é implantar 35 lombadas eletrônicas, 44 radares fixos e dois avanços de sinais dentro de dois anos nas BRs 101, 104, 230 361, 412;

Os locais foram definidos após a elaboração de estudo técnico que levou em consideração o número de veículos em circulação, a velocidade de projeto, a velocidade praticada no local, a existência de travessia de pedestres ou de retorno de veículos, a quantidade ou potencial de acidentes no local e as medidas de engenharia já adotadas para prevenção dos mesmos.


Fonte: PBJA com Cabedelo na WEB (19/8/11, às 21:oo)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics