segunda-feira, 26 de março de 2012

Em Cabedelo, o PT mostra unidade e fez festa para anunciar que não terá candidatura própria

Na tarde deste sábado (24), o Partido dos Trabalhadores - PT de Cabedelo reuniu seus filiados, mostrou unidade de suas lideranças e fez festa na sede da Associação dos Servidores do INSS na Praia do Poço, para anunciar que não terá candidatura própria nas eleições municipais deste ano na cidade portuária. O evento contou a presença do presidente estadual da legenda, ex- deputado Rodrigo Soares, do deputado Anísio Maia e a maioria dos pré-candidatos a prefeitura local compareceram e prestigiaram a festa.

Diante dessa decisão, o PT passa a ser o partido mais cobiçado de Cabedelo, quase todos os pré-candidatos majoritários da cidade estiveram no evento do partido em busca do apoio do mesmo. Luceninha, Trócolli Júnior, Quintans, Marcos Patrício e Sebastião Plácido estiveram no evento e não esconderam que estão disputando o apoio da legenda da presidenta Dilma pera seus projetos em Cabedelo.

Com um discurso afinado e mostrando a unidade de suas lideranças partidária, o DM aprovou uma resolução descartando a disputa majoritária na eleição de outubro próximo, mas, pretendem construir as condições necessárias para fazer uma bancada forte na Câmara municipal da cidade. Presente no evento o deputado Anísio Maia disse concordar com a posição tomada pela direção local, mas, pondera, para que essa bancada seja realmente de petistas. Segundo ele, o representante do partido hoje no parlamento de Cabedelo, o atual presidente da casa, vereador Ricardo Felix, não constrói, não convive e nem defende o PT naquela casa. Maia acrescenta que Ricardo faz “negociatas” e trabalha mais pelas outras legendas do que em favor do partido dos trabalhadores.

O presidente do diretório municipal, Divino Felizardo, informou que a tese de não candidatura própria foi aprovada, um grupo de trabalho foi instituído e que vão reunir com todos os pré-candidatos do município para decidirem com quem compor. Divino não esconde que já existem conversações com Luceninha e com a frente recém-criada, mas, o partido vai ouvir todos os prés e decidir em momento oportuno. “O PT não está fechado com ninguém, vai ouvir todas as forças em disputa e decidir pela melhor proposta para a cidade”, declarou Divino.

Fabiano, vice presidente do partido, ratificou as palavras de Divino e a decisão partidária. “A ideia é aumentar a bancada do partido na Câmara e convergir com uma das forças em disputa, desde que essa força não esteja a liada a nosso maior adversário que é o prefeito atual” defendeu ele.

Rodrigo Soares, parabenizando a unidade vivenciada no partido disse que o PT tem história na cidade portuária, já governou a cidade e constituiu bancada na câmara, hoje com as experiências adquirida o partido caminha para o apoio a um projeto que seja o melhor para a cidade e nesse sentido, o presidente Divino tem todo o apoio da direção estadual.


Ascom PT de Cabedelo.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics