quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Delegacia de Cabedelo não está funcionando após às 18h00

Mudanças em delegacias da Paraíba causam insatisfação da população


As delegacias de Cabedelo e Bayeux, ambas na Região Metropolitana de João Pessoa não estão mais recebendo ocorrências durante a noite. Os registros que eram feitos após às 18h nas duas delegacias estão sendo encaminhadas para a delegacia de Santa Rita na Grande João Pessoa, para o caso de Bayeux, e para a 12ª Delegacia Distrital de João Pessoa em Manaíra, para ocorrências no turno da noite em Cabedelo. Moradores do município de Bayeux e Cabedelo reclamam da distância para registrar uma ocorrência durante a noite.

Em Campina Grande, a população reclama da falta de infraestrutura das sete delegacias distritais da cidade. A responsável por atender uma população de 70 mil pessoas, a 4ª DD no bairro das Malvinas, foi transferida para o bairro do Catolé, devido às más condições do prédio. Por conta da transferência, os moradores das Malvinas precisam percorrer uma distância de 6 km para registrarem uma ocorrência.

A decisão de encerrar as atividades no turno da noite nas duas delegacias foi tomada pela Secretaria de Segurança Pública, após 90 dias de estudos nas delegacias da Região Metropolitana da capital. Segundo o levantamento, as delegacias de Bayeux e Cabedelo não apresentavam um número de flagrantes que justificasse a manutenção de uma equipe formada por um delegado, um escrivão e quatro agentes. De acordo com o gerente executivo de Polícia Civil metropolitana de João Pessoa, Wagner Dorta, a situação em Cabedelo e Bayeux não é definitiva, porque o estudo não foi concluído.

Sobre a transferência da 4ª DD em Campina Grande, o delegado regional, Marcos Paulo Vilela, afirmou que a solicitação da reforma da sede original da delegacia foi feita junto à Secretaria de Segurança, mas que não poderia informar sobre prazos porque assumiu o cargo há pouco tempo. A Central de Polícia de Campina Grande, inaugurada há pouco mais de um ano, e segundo o coordenador administrativo da 2ª Regional, Kelsen Vasconcelos, só foi construída após o prédio anterior ser condenado pela Defesa Civil.


Fonte: Cabedelo na WEB com G1/PB
(09/08/2012)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics