terça-feira, 28 de agosto de 2012

Governo dos EUA aprova nova pílula contra o vírus da Aids


A FDA, agência que regula fármacos e alimentos nos EUA, aprovou nesta segunda (27) uma pílula única que reúne quatro remédios capazes de combater o vírus da Aids.

A agência aprovou a Stribild, da empresa Gilead Sciences, como um tratamento de dose única diária para combater o HIV em adultos que ainda não receberam tratamento contra a infecção.

A pílula contém duas drogas já aprovadas anteriormente para comercialização, a emtricitabina e o tenofovir, já vendidas na forma da pílula combinada Truvada. A composição da Stribild inclui duas novas drogas: elvitegravir e cobicistate. A primeira interfere no funcionamento de uma das enzimas que o HIV usa para se multiplicar, enquanto a segunda prolonga esse efeito.

Estudos feitos pela empresa mostraram que entre 88% e 90% dos pacientes que tomaram a Stribild ficaram com níveis indetectáveis de HIV em seu sangue após 48 semanas, em comparação com 87% dos pacientes que tomaram a Atripla, outro remédio anti-HIV que contém o Truvada e mais outra droga.

Como a maioria das outras drogas contra o vírus da Aids, a Stribild carregará um aviso sobre efeitos colaterais potencialmente perigosos, como problemas sérios no fígado e acúmulo de ácido láctico. Efeitos colaterais mais comuns incluem náusea e diarreia.

Neste ano, a Gilead também recebeu aprovação da FDA para comercializar o Truvada como o primeiro medicamento preventivo para pessoas saudáveis que correm risco elevado de adquirir o HIV.


Fonte: Agência de Notícias
(28/09/2012)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics