quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Violência - Surfista cabedelense, Fininho, foi agredido durante competição em Pernambuco



A participação dos surfistas paraibanos José Francisco (Fininho) e Raphael Seixas na Quarta Etapa do Circuito Pernambucano de Surf, na Praia de Maracaípe, em Pernambuco, acabou em caso de polícia. Os surfistas da Paraíba alegaram que foram agredidos por três homens ao saírem do mar após a disputa da semifinal da competição, no último domingo.

Após o incidente, os dois surfistas registraram um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Porto de Galinhas. Em depoimento registrado, os paraibanos afirmaram que o motivo das agressões foi à forte marcação feita pelos dois no surfista pernambucano Thiago Silva, durante a semifinal da etapa.

“A confusão começou quando saímos do mar depois da semifinal. Os caras não entenderam a marcação dura que fizemos no atleta pernambucano durante e bateria e vários caras partiram pra cima da gente. Eu levei um murro no ouvido que está doendo até agora e o Raphael (Seixas) machucou o cotovelo e levou vários chutes”, explicou Fininho.

O presidente da Associação Nordestina de Surf, Geraldo Cavalcanti confirmou que os três acusados de agredir os surfistas paraibanos já foram identificados. São eles os irmãos Josafá e Joabson Barbosa e o baiano Sérgio Rocha. O dirigente aconselhou às vítimas a fazerem um exame de Corpo de Delito para comprovar a agressão sofrida.

Já em João Pessoa, Fininho confirmou que vão levar o caso adiante. Inclusive, os dois pretendem fazer o exame de Corpo de Delito. “Estamos entrando em contato com um delegado conhecido nosso para fazermos o exame. Acredito que entre hoje (ontem) e amanhã (hoje) vamos fazer o exame”, finalizou o surfista.

Apesar da confusão, Fininho e Raphael Seixas disputaram a final e conseguiram resultados importantes nesta etapa. Na categoria Profissional, Raphael ficou na segunda colocação e Fininho terminou em terceiro. A competição foi vencida por outro paraibano, o Elivelton Santos.

Agressores podem ser banidos do esporte

“O episódio de agressão não vai passar em branco”, foi o que garantiu o presidente da Associação Nordestina de Surf. Além do processo que deve seguir na justiça, segundo Geraldo Cavalcanti, os acusados Josafá Barbosa, Joabson Barbosa e Sérgio Rocha serão banidos do esporte para sempre.

“Nós já estamos mandando um comunicado para as federações de todas as regiões do país comunicando o fato ocorrido. Esses criminosos não podem continuar no esporte. Eles vão ser banidos do surf”, disse Geraldo Cavalcanti.

PBSurf teme que relação se desgaste

Um dos diretores da Federação Paraibana de Surf mostrou-se preocupado com a relação entre Paraíba e Pernambuco após o incidente do último domingo. Segundo Chico Padilha, não seria interessante para o Estado um racha com os pernambucanos, já que as federações sempre tiveram uma relação harmoniosa e a participação nas competições no estado vizinho é importante para os paraibanos.

“Vamos esperar que este episódio não manche a relação entre as duas federações. Sempre tivemos uma relação muito boa com eles. Espero que continue como era porque será importante para o desenvolvimento do surf local”, disse Chico Padilha.


Fonte: Jornal Correio da Paraíba
(31/10/2012)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics