quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Em Brasília - Bancada da Paraíba apoia derrubada de veto e cobra audiência com presidenta



A maioria da Bancada Federal da Paraíba apoiou duas importantes iniciativas na noite desta terça-feira: solicitar uma audiência imediata com a Presidente Dilma Rousseff para cobrar ações efetivas do Governo Federal de combate à estiagem e apoiar requerimento de pedido de urgência para votação do veto à nova Lei de distribuição dos royalties de petróleo. “Vamos lutar unidos pela derrubada desses vetos, em defesa dos interesses do povo paraibano”, resumiu o coordenador da bancada no Senado, Cássio Cunha Lima.

O veto parcial da presidente Dilma Rousseff ao Projeto de lei que previa uma nova distribuição dos royalties e participações especiais acabou desagradando aos estados não produtores, como a Paraíba. O ponto central da intervenção da Presidente Dilma foi impedir alterações nas regras de distribuição dos recursos oriundos de campos já licitados. A bancada da Paraíba ficou insatisfeita com a presidente. Os parlamentares decidiram então marcar a reunião para elaborar e divulgar um documento com a posição do estado em relação ao veto parcial.

Os estados não produtores, como a Paraíba, queriam receber um quinhão dos royalties e das participações especiais dos poços leiloados – tanto os em exploração como os em prospecção. Isso implicaria em perdas bilionárias, já em 2013, para os estados do Rio e do Espírito Santo. “Sabemos e reconhecemos a força dos estados produtores é grande, mas estamos preparados para a guerra”, avisou o deputado Manoel Júnior (PMDB).

Nove dos quinze integrantes da bancada compareceram á reunião, realizada no gabinete do Senador Cássio Cunha Lima. Foram eles os senadores Cícero Lucena, Vital do Rego e os deputados federais Romero Rodrigues, Manoel Júnior, Rui Carneiro, Leonardo Gadelha, Hugo Motta e Nilda Gondim. O Vice Governador Rômulo Gouveia também esteve presente para apoiar as duas propostas da Bancada Federal Paraibana.

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) insistiu em afirmar que não será fácil a luta, mas destacou a importância de brigar até o fim pelos interesses do Estado. “Esse veto prejudicou muito a Paraíba e vários estados do País. Vai ser difícil derrubar o veto, a presidente já tem o apoio do Espírito Santo, do Rio de Janeiro e de São Paulo, mas temos que lutar”, colocou. Foto: Jaciara Aires.


Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics