domingo, 28 de abril de 2013

Secretária Municipal de Educação foi à Câmara de Cabedelo explanar como recebeu a pasta e anunciar projetos da atual gestão



Em Sessão Especial realizada pela Câmara Municipal de Cabedelo, nessa quinta-feira (25), a secretária Municipal de Educação, Clecy Alves de Vasconcelos, esclareceu à população sobre as condições em que se encontrava a Secretaria quando assumiu o cargo e comentou sobre projetos da atual gestão. A Sessão foi proposta pela vereadora Jacqueline (PRP), juntamente com os vereadores Lúcio José (PRP), Marcio Bezerra (PP), Belmiro Mamede – Bel (PRP) e Luiz Bezerra Filho - Professor Luizinho (PRP).

            O evento foi presidido pelo vereador Tércio Dornelas (PSL), vice-presidente da Câmara, e as boas vindas à Secretária foram feitas pelo vereador Márcio Bezerra. Também compuseram a mesa o Vice-Prefeito de Cabedelo, Leto Viana, a vereadora Jacqueline e o Chefe de Gabinete da Secretaria, Elton Bruno.

A secretária Clecy Alves iniciou sua explanação elogiando o processo de transição realizado pela gestão anterior, desde outubro do ano passado, de forma tranquila e transparente. Mas revelou que a atual gestão herdou dívidas de folha de pagamento e de verbas indenizatórias, unidades de ensino com infraestrutura precária e necessidades urgentes de reformas e reparos, para viabilizar o início do ano letivo, totalizando uma despesa inicial de aproximadamente R$ 2,5 milhões. A situação exigiu que o Prefeito Municipal, José Maria de Lucena Filho (Luceninha), decretasse estado de emergência na Educação, bem como na Saúde, até o final de março deste ano.

Entre os principais problemas encontrados, a secretária destacou a questão estrutural, nas redes elétrica e hidráulica das instituições de ensino; quadras poliesportivas com pisos quebrados, causando riscos de acidentes para os alunos; falta de extintores de incêndio; banheiros precários, inclusive algumas escolas contavam com banheiros únicos para meninos e meninas.

Metas - “Estamos solucionando os problemas encontrados e trabalhando para alcançar as metas que traçamos, pois temos muitos projetos para nossa cidade. Precisamos oferecer o melhor aos nossos alunos e temos muitos desafios a vencer, como a diminuição das taxas de evasão escolar e de repetência, bem como elevar a taxa de alfabetização”, afirmou a Secretária, explicando que a Educação é uma prioridade já enfatizada pelo Prefeito Luceninha.

Entre as várias metas da atual gestão, para médio prazo, a secretária destacou a adequação da infraestrutura das unidades de ensino para implementar a escola em tempo integral, pois para isso é necessário a construção de vestiários e espaços lúdicos, por exemplo. Outro objetivo é a implantação de uma biblioteca interativa, com amplos espaços para informática e laboratórios a serem usados por várias disciplinas. Mais uma meta é a criação do Centro de Capacitação para professores e servidores da educação, pois a Secretaria investirá em educação continuada, como parte de uma política de valorização dos trabalhadores da educação, que inclui a revisão do piso salarial municipal e do Plano de Cargos Carreira e Remuneração (PCCR).

Realizações – Além da quitação de dívidas e das ações emergenciais já realizadas em menos de cinco meses, a secretária de Educação destacou que a atual gestão registrou um aumento do número de alunos na rede municipal de ensino, então também investiu no aumento do corpo de servidores, convocando cerca de 200 profissionais da educação aprovados em concurso público, incluindo professores de libras, pois a disciplina foi introduzida na grande curricular, com o objetivo de promover uma educação cada vez mais inclusiva.

Secretária elogia Projeto de Lei que institui “Dia da família na escola”, apresentado pela Vereadora Jacqueline

Durante o seu pronunciamento na Sessão Especial, a vereadora Jacqueline (PRP) apresentou o Projeto de Lei que institui o "Dia da Família na Escola", iniciativa bastante elogiada pela secretária Municipal de Educação. 

“A educação não pode ser tratada apenas como um dever constitucional. Vai além da transmissão de conhecimento, passa pela valorização de bons hábitos e costumes. A educação não é responsabilidade apenas da escola, é de todos nós, por isso precisamos trabalhar juntos”, afirmou Jacqueline.

O objetivo do Projeto é justamente esse: estimular e incrementar a participação das famílias dos alunos nas questões e problemas da comunidade escolar.  Assim, prevê que, pelo menos uma vez por ano, a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, realize atividades nas escolas, com a participação dos educandos, de seus familiares e servidores dos colégios.

Exemplos das ações a serem desenvolvidas são palestras, exposição de trabalhos de alunos, com incentivo às artes, esporte, ciência, literatura, entre outros interesses da comunidade escolar, além da realização de atividades sociais, ecológicas e de preservação ao meio-ambiente.

“Interagindo com os filhos, no ambiente da escola, os pais e responsáveis estarão estimulando o desenvolvimento do estudante e acompanhando o seu rendimento escolar”, conclui a vereadora Jacqueline, autora do Projeto de Lei.


Assessoria de Imprensa da Vereadora Jacqueline

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics