quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Enxugando a máquina pública - Em Cabedelo, novo prefeito exonera servidores comissionados.



No cargo há uma semana, o prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PTN), exonerou todos os servidores comissionados da administração municipal. Em entrevista à TV Cabo Branco, ele explicou que tomou a medida com o objetivo de enxugar a máquina pública para equilibrar as finanças municipais. Cinco secretários também foram exonerados.

Leto Viana - Foto:Divulgação. 
Leto Viana assumiu a prefeitura de Cabedelo na última quarta-feira (20) após o então prefeito, José Maria de Lucena Filho, o Luceninha (PMDB), renunciar. O ex-gestor encaminhou cartas ao presidente da Câmara Municipal, à Justiça  Eleitoral, ao Ministério Público e à Justiça Comum. A alegação para a renúncia foi de que estava passando por problemas de saúde e enfrentando dificuldades para sanar sanar dívidas da administração pública. Após deixar a prefeitura, Luceninha não se posicionou mais de forma pública.

O novo prefeito contou que ao assumir o cargo procurou se inteirar sobre a situação orçamentária do município e depois disso decidiu fazer as exonerações. “Fiz uma exoneração coletiva de todos os cargos comissionados, com exceção daqueles serviços que não podem ficar desassistidos por secretaria. Nos serviços de saúde, por exemplo, foi informado o mínimo possível que a gente poderia deixar em folha. Foi feito assim em todas as secretarias para que a gente possa enxugar a máquina pública”, afirmou.

Leto disse que o cuidado é principalmente para garantir o pagamento de novembro, dezembro e também do décimo terceiro. “São três folhas para serem pagas. Vamos fazer todos os sacrifícios para que a gente enxugue a máquina pública, para que a gente tenha um controle de receita e de despesa do município e possa oferecer  uma melhor qualidade de vida para a população de Cabedelo”, completou.

O prefeito também falou sobre a relação com o ex-prefeito Luceninha. De acordo com ele, a amizade entre os dois não foi afetada pela renúncia. “A gente é parceiro e amigo, se não fosse não tínhamos sido vice-prefeito e prefeito. Ganhamos a eleição juntos. A normalidade da amizade é a mesma”, pontuou Leto.


Fonte: G1/PB


0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics