quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Mutirão recolhe 373 toneladas de lixo em Cabedelo.




Mais de 370 toneladas de lixo foram retiradas das ruas e calçadas do município de Cabedelo, durante o mutirão de limpeza “Todos unidos por uma cidade limpa”, no último final de semana (08 e 09). A ação foi pessoalmente coordenada pelo prefeito da cidade, Leto Viana, e realizada em parceria com diversas empresas privadas.

Sem nenhum ônus para a Prefeitura, o mutirão envolveu caminhões, caçambas, retroescavadeira, além de dezenas de agentes de limpeza, removendo entulhos, lixo doméstico e podas de árvores.

Das 373 toneladas de resíduos recolhidas durante o mutirão de limpeza, 350 toneladas foram de lixo doméstico, quantidade equivalente a mais que o triplo do que a empresa responsável pela coleta na cidade, a Marquise Ambiental, estava recolhendo. A empresa estava coletando cerca de 60 toneladas de resíduos por dia, média insuficiente, o que vinha desencadeando o acúmulo de lixo por toda a cidade. 

“Através dessa ação voluntária que realizamos, percebemos que é possível recolher uma quantidade de lixo muito superior a que vinha sendo coletada pela empresa contratada. A partir de agora, a Prefeitura fiscalizará a coleta de resíduos, com o objetivo de garantir que o serviço seja devidamente prestado à população”, afirmou o Prefeito Leto Viana.

Em dois meses de gestão, o Prefeito de Cabedelo pagou três meses de serviços prestados pela Marquise, mesmo assim a empresa paralisou os serviços nessa segunda - Ao assumir a Prefeitura Municipal de Cabedelo, há pouco mais de dois meses, o prefeito Leto Viana herdou, entre outras dívidas, um débito de, aproximadamente, R$ 6 milhões junto à empresa responsável pelo recolhimento do lixo, a Marquise Ambiental. Em dois meses de gestão, Leto Viana efetuou o pagamento equivalente a três meses de serviços à empresa de coleta, totalizando mais de R$ 1,5 milhão. Mesmo assim, alegando falta de pagamento, na data dessa segunda (10) a Marquise Ambiental emitiu nota oficial suspendendo a coleta. 

“Toda a dívida existente, referente a nove meses, foi gerada pela gestão anterior, no entanto a Marquise nunca chegou a notificar a gestão devedora. Eu assumi a Prefeitura há dois meses e já fui notificado duas vezes, mesmo tendo realizado o pagamento de mais de R$ 1,5 milhão, referente a três meses de serviços prestados pela empresa. Não entendo porque a Marquise não tomou providências junto à gestão anterior, mas o fato é que a população está sendo muito prejudicada e estamos trabalhando para resolver esse problema o mais rápido possível, dentro da legalidade”, afirmou o prefeito Leto Viana.


Fonte: SECOM - Cabedelo



0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics