quarta-feira, 7 de maio de 2014

Campanha de vacinação contra a gripe segue até esta sexta-feira (9) e Cabedelo conclama população a participar.



Divulgação.
A Campanha de Vacinação contra a Gripe está chegando ao fim em todo o País. Em Cabedelo, as ações seguem em todos os Postos de Saúde da cidade, bem como em unidades volantes. A meta, este ano, é vacinar 80% da população alvo, prevenindo contra a gripe e as complicações decorrentes da doença.

Na Paraíba, foram distribuídas pouco mais de um milhão de doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde para este ano (A/H1N1, A/H3N2 e influenza B). Em Cabedelo, toda a população está sendo convocada para participar da campanha, que pretende imunizar 13.095 cabedelenses até esta sexta-feira (9).

O público alvo, este ano, compreende pessoas maiores de 60 anos, profissionais de saúde, gestantes, puérperas (mulheres com recém-nascidos até 45 dias pós-parto), crianças (na faixa etária de 06 meses a 05 anos) e portadores de doenças crônicas (sob apresentação de prescrição médica).

Na região Nordeste, já foram imunizadas 32,57% da população alvo. Em Cabedelo, o percentual é de 35,33% do público alvo, acima da média regional. A coordenadora de Imunização da Secretaria de Saúde de Cabedelo, Missânia Moreira, lembra que quem não se vacinou ainda pode procurar os postos de saúde, que estão abastecidos e preparados para ofereceram as doses.

“A média nacional está muito baixa, em todos os municípios. Estamos trabalhando de forma incansável para que os cabedelenses procurem um posto de saúde para receber a dose, principalmente os idosos. É de suma importância, e as pessoas têm que entender isso, tomar a vacina, para a saúde do indivíduo e para o bem estar coletivo, de forma geral. Por isso, apelo para a consciência de cada um, para que vá em busca da vacina, e leve consigo quem puder, para que consigamos atingir nossa meta, que é imunizar 13.095 cabedelenses”, alerta.

A campanha tem prazo de encerramento na próxima sexta-feira, dia 9, e o Ministério da Saúde ainda não se pronunciou quanto à prorrogação do período. “O combate a essa enfermidade é essencial para nossa população. Que todos os cidadãos sejam nossos parceiros e que procurem as unidades onde estarão sendo disponibilizadas as vacinas”, afirmou o secretário de Saúde do município, Jairo Gama.

Campanha - Cerca de 450 profissionais das Unidades Básica de Saúde da cidades está trabalhando para fazer com que a meta estipulada para a cidade seja atingida. As doses podem ser encontradas em todos os postos de saúde do município e através de duas unidades volantes, que disponibilizam a vacina àqueles que, por conta de locomoção ou problemas de saúde, não tenham condições de sair de casa para se imunizar.

A vacina é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. A imunização protege contra os subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e B. As doses devem ser aplicadas antes do período de inverno.


Fonte: PMC


0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics