segunda-feira, 12 de maio de 2014

ENEM 2014 - Inscrições começam nesta segunda-feira (12) e seguem até o dia 23 de maio.



Na última sexta-feira (9), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou no Diário Oficial da União o edital de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas serão aplicadas nos dias 8 e 9 de novembro.
 
De acordo com a publicação, as inscrições começam nesta segunda-feira (12) e seguem até o dia 23 de maio. A inscrição, que deve ser feita exclusivamente pela internet, será confirmada após o pagamento de uma taxa de R$ 35 até o dia 28 de maio. Alunos de escolas públicas e estudantes que comprovarem baixa renda ficam isentos da taxa. 

A previsão do Ministério da Educação (MEC) é que 8,2 milhões de pessoas se inscrevam no exame, um crescimento de 13,8% em relação aos 7,2 milhões registrados no último ano.

Oportunidade

A nota da prova pode ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que disponibiliza vagas no ensino superior público; o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.

O Enem é também pré-requisito para firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para obter bolsas de intercâmbio pelo Programa Ciência sem Fronteiras.

Material de estudo 

Para se preparar para o exame, o aluno pode acessar o aplicativo do Enem. O banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação reúne itens de 2009 a 2013 para o estudante treinar para exame. O acesso é gratuito.

Mais inscritos

A expectativa para o aumento no número de inscrições desse ano se deve aos programas educacionais fomentados pelo governo. “O aumento no número de adesões do SISU [Sistema de Seleção Unificada], nós sabemos que isso se deve ao Enem, aliado à responsabilidade e a esse monitoramento que está sendo ampliado a cada ano. É de acordo com isso que nós sabemos que precisamos ampliar a capacitação das pessoas envolvidas na aplicação do exame”, disse o ministro da Educação, Henrique Paim.

Segurança

As exigências e o rigor na segurança devem aumentar no Enem desta edição. Isso porque será introduzido um detector de metais em cada local de prova. “É um método inovador e também uma garantia a todos os participantes”, enfatiza o diretor de gestão e planejamento do Inep, Dênio Menezes da Silva.

Segundo costa no item 12.3 do edital, os participantes podem ser submetidos à revista eletrônica a qualquer momento durante a realização da prova e não poderão portar celulares e nenhum outro equipamento eletrônico. O objetivo é reduzir qualquer falha na segurança durante a aplicação das provas.

Acessibilidade

A partir desta edição, o hotsite do Enem vai oferecer o edital do exame em formato de leitura compatível com o Dosvox, um sistema para deficientes visuais, e um vídeo na língua brasileira de sinais (libras) para os deficientes auditivos.

“O Enem está preparado para atender toda a diversidade de estudantes que procuram uma oportunidade”, destacou o presidente do Inep, Chico Soares. Aqueles que necessitarem de atendimento específico ou especializado devem fazer o pedido no ato da inscrição.

Isenção

Alunos da rede pública de ensino e pessoas cuja renda familiar seja de até 1,5 salário mínimo per capita (R$ 1.086,00) estão isentos da taxa de inscrição. Para os demais, o valor permanece o mesmo do ano passado, R$ 35,00, e deverá estar pago até o dia 28 de maio.


Fonte: Portal Brasil com informações da Agência Brasil e Ministério da Educação


0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics