quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Campanha de Vacinação contra pólio e sarampo em Cabedelo será aberta neste sábado (8).



A Secretaria de Saúde de Cabedelo, através do setor de Vigilância Epidemiológica, realiza, a partir deste sábado (08) até o dia 28, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo na cidade. O Ministério da Saúde disponibilizou 5.450 doses das vacinas para Cabedelo. São esperadas 4.199 crianças para a vacinação contra a poliomielite e 3.746 para a imunização contra o sarampo. A meta mínima é alcançar 80% deste público.

A abertura da campanha, intitulada “Vem pra turma da vacinação”, será realizada a partir das 8h00 do sábado, na Praça da Palmeira, e terá a participação do secretário municipal de Saúde, Jairo Gama, e da gestora de vigilância epidemiológica, Elizete Pimentel. No local, será servido um coffee break aos participantes e para as crianças será disponibilizado um espaço com piscina de bolinhas e cama elástica.

O dia D da campanha será realizado em dois momentos. Nos dias 08 e 22. Nessas ocasiões, todas as Unidades de Saúde da Família (USF) estarão abertas das 8h00 às 17h00 para receber as crianças a partir de 6 meses a menores de 5 anos. Durante todos os dias da campanha os pais poderão procurar qualquer USF de Cabedelo, no horário normal de funcionamento, para vacinarem seus filhos.

A campanha de vacinação de sarampo é realizada a cada cinco anos e, em 2014, será feita conjuntamente com a da pólio, pois o público alvo é semelhante. Enquanto a vacina contra poliomielite é destinada às crianças a partir dos 6 meses de idade a menor de 5 anos, a vacina contra sarampo é ofertada para crianças de 1 ano a menor de 5.

A poliomielite foi registrada no Brasil pela última vez em 1989 e é considerada erradicada do país há 25 anos. Já o sarampo é considerado erradicado desde o ano 2000, o que tem sido registrado ultimamente são casos importados, pessoas que viajam para regiões endêmicas e voltam com a doença.

“Apesar de serem doenças consideradas erradicadas no Brasil, é preciso continuar vacinando as nossas crianças para que estas doenças não voltem, pois ainda há outros países em que elas ainda existem”, destacou Missânia Moreira, coordenadora do setor de imunização de Cabedelo.

Campanha - O Ministério da Saúde distribuirá para a Paraíba cerca de 366 mil doses da vacina oral poliomielite (VOP) – vacina em gotas – que será utilizada prioritariamente.

No entanto, é recomendada às Coordenações Estaduais de Imunizações a disponibilização da vacina inativada poliomielite (VIP), que é injetável, para as crianças acima de seis meses que estão com esquema vacinal atrasado.

Já a vacina tríplice viral, destinada à vacinação contra sarampo, caxumba e rubéola, será aplicada em crianças de 01 ano a menores de 5 anos.

Doenças - O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade do sarampo, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano. A única forma de prevenção é por meio da vacina.

Já a poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas tem sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, principalmente, via oral.


Fonte: PMC


0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics