quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Desenvolver Cabedelo inicia liberação de crédito para empreendedores locais.



(Foto: Michael Sampaio - Secom Cabedelo)
O prefeito Leto Viana realizou, nesta segunda-feira (30), a liberação de R$ 15 mil em crédito para o programa Desenvolver Cabedelo. Nesta fase, foram beneficiados sete microempreendedores. Além do gestor, participaram do evento, ainda, o secretário de Indústria, Comércio e Porto, Hugo Braga, e a Coordenadora do Desenvolver, Geovanice Ferreira.

Os empreendedores beneficiados formam a primeira turma dos cadastrados no Programa, e participaram de todas as etapas exigidas para a obtenção do crédito, como palestras e capacitações.

“Tenho uma enorme satisfação por estar, mesmo em meio à crise, conseguindo estabelecer parcerias para o desenvolvimento da cidade. O Desenvolver é uma forma de incentivar a geração de emprego e renda, fomentando o pequeno comércio para melhorar a renda dos cabedelenses”, destacou Leto. 

Segundo Geovanice Ferreira, apesar de ter sido lançado recentemente – no mês de outubro –, o programa vem sendo reconhecido e requisitado pelos empreendedores locais. 

“Nós já recebemos mais de 60 empreendedores buscando informações. Mas, para participar, é preciso cumprir alguns pré-requisitos, como ser Empreendedor Individual, não possuir restrição cadastral e participar da capacitação. À medida que as etapas forem cumpridas, o crédito vai sendo liberado”, explicou a coordenadora. 

Oportunidades - Quem recebeu o crédito nesta primeira etapa, comemora e agradece pela iniciativa, que significa oportunidade de crescimento para o seu pequeno negócio. É assim para o comerciante Aridelson da Solva, morador do bairro de Jardim Gama. 

“Esse programa está dando uma boa oportunidade de crescimento para nós que somos pequenos comerciantes. Uma grande ajuda com uma margem de juros muito acessível. A gente só tem a agradecer a essas pessoas que estão nos dando essa oportunidade de contribuir para o desenvolvimento da cidade”, disse. 

Já para a confeiteira Maria Rosilene, que mora no Monte Castelo, o crédito veio em boa hora: com as encomendas de fim de ano chegando, ela vai poder investir em matéria-prima para atender uma clientela maior.

“Às vezes chegam algumas encomendas de última hora, e se eu não tiver material para trabalhar, não posso atender. Esse crédito garante minha matéria prima, e é a certeza de que terei uma renda melhor este final de ano”. 

Rosilene ainda fez questão de destacar a agilidade para a liberação do crédito. O processo até a entrega dos cheques durou pouco mais de um mês: “Me surpreendi com a agilidade, porque essas coisas normalmente demoram.Quando a moça ligou dizendo que já seria liberado, eu fiquei até sem acreditar. Estou muito agradecida”, conclui.

O Programa – O Desenvolver Cabedelo foi criado pela Lei Municipal 1.751, de 12 de junho de 2015, e é voltado para dar apoio aos pequenos negócios, cujas atividades necessitem de amparo financeiro, capacitação empreendedora e financiamento. 

O Programa visa aumentar as oportunidades de emprego aos cabedelenses, gerar capacitação e qualificação gerencial de empreendedores e gestores de pequenos negócios; promover sistemas associados de produção; oferecer infraestrutura que facilite o acesso do microempresário no mercado e pesquisar e estudar novas alternativas de mercado.

Podem participar do programa pessoas jurídicas; microempreendedor individual; sociedade empresarial, sociedade simples; Empresa Individual de responsabilidade Limitada (EIRELI); empresário na forma prevista em lei, devidamente registrados no Registro de Empresas Mercantis ou no registro Civil de Pessoas Jurídicas; setores da indústria e prestadora de serviços e comércio de qualquer natureza.

Para se cadastrar, os interessados devem procurar a sede do Desenvolver – localizada na rua Joaquim Bento de Santana, s/n, sala C, no bairro de Monte Castelo, próximo ao Varanda´s Dancing Bar – das 9h às 14h, horário de funcionamento do órgão. Após fazer seu cadastro, o candidato se submeterá ao processo de capacitação para ser habilitado a definir o Plano de Negócio. 

Aprovado o Plano, cabe ao comitê gestor analisar cada um para definir o valor a ser emprestado e o prazo de pagamento, levando em conta a capacidade de cada um. Após essa etapa, o processo entra na fase de crédito e, depois, no pós crédito, que é o acompanhamento da aplicação dos recursos.

Créditos e juros - O Desenvolver trabalha com duas linhas de crédito: uma para aquisição de equipamentos e máquinas, e outra para capital de giro. O prazo para a quitação de pagamento em ambas as linhas será de, no máximo, 12 meses. A taxa de juros dos empréstimos é de 0,8% a.m sobre o contrato, e a multa para inadimplentes chega a 2%. 


Secom Cabedelo

Fonte: PMC

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics