quinta-feira, 26 de maio de 2016

Cabedelo cumpre metas de vacinação contra H1N1



Divulgação (Internet).
A Secretaria de Saúde de Cabedelo(Sescab), por meio da Vigilância em Saúde, comemora o cumprimento das metas mínimas de cobertura da vacinação contra o vírus H1N1, por ocasião da Campanha Nacional 2016, que aconteceu de 30 de abril a 20 de maio.

Em Cabedelo, a meta era vacinar 13.117 pessoas, dentro dos grupos de riscos, formados, principalmente, por crianças, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas e idosos. Segundo a Coordenação de Imunização do município, foi atingido o percentual de 81,29% desse contingente, quando o Ministério da Saúde (MS) exige o mínimo de 80%.

“Primeiramente, nossos agradecimentos a todos os profissionais de saúde do município envolvidos na campanha, pelo empenho e compromisso com o bem-estar da nossa população. Gratidão que também é extensiva aos usuários que atenderam nosso chamamento nessa luta contra essa doença”, destaca o secretário de Saúde, Jairo Gama.

Segundo a Sescab, o sucesso da campanha em Cabedelo deveu-se, também, a larga divulgação dos trabalhos por vários meios. Além disso, estratégias permitiram alcançar pessoas acamadas em suas residências, ou impossibilitados de locomoção, bem como residentes em casas geriátricas, entre outras instituições.

“Na verdade, fomos além desses números, uma vez que 100% das mais de 13.100 doses da vacina foram, de fato, utilizados. Temos computados dados de vacinação a mais de 2.000 usuários do grupo com comorbidade (doenças crônicas ou associação de mais de duas enfermidades). Portanto, o momentos é de comemorarmos os números alcançados nesta campanha, que, sabemos, tantos benefícios trará à saúde da nossa população”, comenta a coordenadora de Imunização do município, Missânia Moreira. 

Falta de vacinas - As eventuais e pontuais faltas de vacina observadas em algumas Unidades de Saúde, durante a Campanha, foram resultados, segundo a Sescab, do fracionamento da remessa dos estoques feito pelo Ministério da Saúde. 

“Esses casos não acarretaram maiores prejuízos aos objetivos da Campanha que, a partir de 30 de maio, oferecerá a 2ª dose para as crianças que tomaram a vacina pela 1ª vez em 2016”, finaliza Missânia. 


Secom Cabedelo

Fonte: PMC

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics