quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Cabedelo no caminho do desenvolvimento.



Intermares (Foto: Fábio Fernandes).
Cabedelo é, sem dúvida, uma das mais bonitas cidades da Paraíba, quiçá do mundo... São praias de águas mornas o ano inteiro, o pôr do sol do Jacaré, Areia Vermelha, além do seu povo acolhedor, sua culinária, cultura e história confirmam o potencial turístico da bela Cabedelo.

Todavia, apesar de Cabedelo ser considerada uma cidade rica, por possui grandes empresas e indústrias instaladas em seu território, além de um porto muito bem localizado geograficamente, é uma cidade que convive com enormes diferenças socioeconômicas.

O pequeno Cabo, chamado de Cabedelo, possui do lado banhado pelo Rio Paraíba uma população bastante humilde, já do lado oposto, que é banhado pelo oceano Atlântico, as coisas são bem diferentes, devido ao alto poder aquisitivo de seus moradores.

Dessa forma, para que a cidade de Cabedelo possa de fato trilhar no caminho do desenvolvimento, ricos e pobres deverão ser contemplados, através de políticas públicas voltadas ao crescimento e desenvolvimento da cidade.

Em sua história recente, a cidade de Cabedelo voltou a receber mais atenção e investimentos por parte da Prefeitura Municipal. Através da gestão inovadora do prefeito Leto Viana, Cabedelo conseguiu sair do ostracismo, tornou-se uma cidade adimplente com suas obrigações e, aos poucos, o caos administrativo foi sendo substituído por ações responsáveis pela retomada do desenvolvimento na cidade portuária.

Entretanto, a luta por mais empregos para os cabedelenses, mais saúde, educação, infraestrutura, mobilidade urbana, habitação e segurança, dentre outras tantas áreas que merecem atenção e investimentos por parte do poder público, não deve ser uma tarefa apenas do executivo municipal. Os governos, estadual e federal, precisão ser parceiros do governo municipal, a fim de que grandes obras possam acontecer na cidade de Cabedelo.

O povo de Cabedelo não pode continuar pagando o alto preço do abandono por parte dos governos, estadual e federal. O porto de Cabedelo está longe de ser o que um dia foi, ou seja, uma verdadeira fonte de renda para os cabedelenses. A pesca acabou, o porto está abandonado, o desemprego e a fome campeiam nesta cidade “rica” e de natureza abençoada por Deus.

Enquanto vemos na vizinha capital do estado, investimentos como o Trevo das Mangabeiras e o Viaduto do Geisel; em Cabedelo, o investimento mais expressivo dos últimos anos foi uma passarela no Renascer.

Cadê a UPA de Cabedelo? A cidade que fica às margens de uma BR bastante movimentada, possui um porto, grandes empresas e indústrias... Não possui sequer um ortopedista de plantão à noite, nos feriados, sábados, domingos, o que obriga o único hospital da cidade a encaminhar seus pacientes com suspeitas de fraturas para a cidade de João Pessoa (Hospital de Trauma Humberto Lucena ou o “Trauminha” de Mangabeira).

Cabedelo não vai conseguir crescer sozinha, a cidade precisa deixar de ser preterida pelos governos, estadual e federal.

O povo de Cabedelo reelegeu o prefeito Leto Viana para mais um mandato. Sendo assim, a expectativa é grande de que a cidade de Cabedelo possa continuar avançando nos próximos quatro anos, principalmente com o cumprimento de uma das suas mais importantes promessas de campanha, que é a pavimentação da terceira via em Cabedelo, obra esta que vai beneficiar e muito uma das regiões mais pobres da cidade, que compreende bairros como o Oceania VI, Vila Feliz e Jacaré.

Pois é... Cabedelo no caminho do desenvolvimento.


Por Fábio Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics