quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Cearte realiza II Mostra de Danças Orientais



 II Mostra de Danças Orientais
(Foto: Michael Sampaio).
O Centro Municipal de Artes e Cultura de Cabedelo (Cearte), vinculado à Secretaria de Educação (Seduc), realizou, nesta terça-feira (13), no Cabedelo Clube, a II Noite de Danças Orientais.

O evento integrou a etapa de culminância das atividades desenvolvidas ao longo do ano no Cearte, cuja Oficina de Dança do Ventre desempenha um papel muito significativo. A Noite apresentou ao público o resultado desse trabalho.

"Essa oficina, além de ser importante para a diversidade cultural e artística do nosso município, valoriza o papel da mulher e trabalha a autoestima das participantes e, por isso, é bastante valorizada. Essa mostra retrata apenas uma das ações que desenvolvemos no Cearte, oportunizando aos nossos alunos o conhecimento e a prática de uma atividade artística. Os alunos, em sua maioria, são oriundos de escolas públicas e privadas, porém, qualquer pessoa da comunidade pode participar das nossas oficinas em diversas áreas, como música, dança, técnica vocal, artes visuais e artes cênicas", destacou a coordenadora adjunta do Cearte, Dalvanira Maia.

A coordenação da Oficina de Danças Orientais é da professora Silvinha Xavier, que também é arte-educadora efetiva da rede municipal de ensino, com formação em Artes Cênicas pela UFPB e tem especialização e mestrado com pesquisa em dança do ventre no formato arte-terapêutico. Ela lembrou que Cabedelo é pioneira neste tipo de evento, e falou sobre o trabalho desenvolvido na cidade.

"O nosso grupo cresceu, pois o interesse aumentou entre as pessoas na comunidade. As nossas alunas, além de mergulhar num universo cultural diferente, acabam descobrindo os inúmeros benefícios físicos e psicológicos que a dança proporciona, a exemplo da melhoria da saúde, equilíbrio emocional e mental e tonificação muscular. Estamos procurando realizar esse festival na intenção de evoluir mais e mostrar que existe qualidade nesse trabalho, para que haja sempre o incentivo da população e, principalmente, o apoio do poder público para que a gente continue construindo". 

Atrações da Mostra - A edição desse ano, além das alunas do grupo anfitrião Zaya Companhia de Dança, recebeu grupos de alunos de várias escolas de artes orientais do Nordeste, a exemplo do Cearte de João Pessoa-PB; do Studio Vanessa Lira; do grupo Gypsy Fire Flamenco Árabe; além da participação especial da aluna Thainah Gracindo da Tuareg Kasa. do Oriente de Natal (RN), e outras apresentações solo.

Sobre o Cearte - Atualmente, situado no Casarão da rua Presidente João Pessoa, s/nº, os trabalhos desenvolvidos no Centro de Arte e Cultura são abertos e gratuitos, com foco principal na comunidade escolar, mas com atividades abertas para toda comunidade cabedelense. O Centro funciona nos horários diurno e noturno, com aulas em ritmo de oficinas diversificadas.

Além da dança do ventre, lá ainda são oferecidas aulas de dança popular, técnica vocal e canto, violão, guitarra, flauta, artes cênicas e artes visuais, coordenado por uma equipe multidisciplinar.

As matrículas para as atividades do ano de 2017 já estão abertas. Mais informações pelo telefone (83) 98757.7184


Secom Cabedelo


0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics