domingo, 2 de março de 2014

Mais de 400 mil lotam praias da Paraíba e abastecimento de água fica comprometido.



A superlotação de cidades do Litoral do estado, como Pitimbu, Conde, Cabedelo, Lucena e Baía da Traição, na região metropolitana de João Pessoa, aumentou em cinco vezes o consumo da água potável fornecida pela Cagepa. Por conta desse excedente, os problemas com a interrupção no fornecimento têm atrapalhado a vida de quem veio curtir o verão e o carnaval nessas cidades, bem como de quem vive nessas locais.

O problema acaba frustrando turistas e moradores que reclamam de falta d'água constante. A população dessas quatro cidades soma cerca de 110 mil pessoas. Durante o verão, o número pode aumentar para 500 mil.

"Está faltando água praticamente todos os dias. Já é comum procurarmos pelo produto nas torneiras, sem sucesso. Estamos até acostumados", reclamou a turista de Campina Grande, Maria de Lourdes Ferraz, que está em Jacumã, no município do Conde, passando o verão e vai esticar a permanência até o carnaval.

A guarabirense Marlucy Vieira também reclamou dos serviços que constantemente são interrompidos na praia do Poço, em Cabedelo, e para não ficar sem tomar banho e sem água para cozinhar, já se preparou e trouxe também um tambor para guardar água. "Quem não tem um depósito para armazenamento, realmente sofre e muito por aqui", reclamou.

Para as turistas, brincar o carnaval sem água para tomar banho realmente traz problemas. "É muito bom estar aqui nesse período de festa, mas seria bem melhor se tivéssemos o abastecimento regular. Sabemos que há aumento no número de pessoas e isso pode provocar colapso, mas a empresa deveria e investir mais", recomendou Marlucy.

A assessoria de imprensa da Cagepa informou que apesar do aumento drástico no consumo de água nesses municípios turísticos que atraem um número de visitantes quatro e até cinco vezes maior que a população, não está havendo racionamento. De acordo com o setor, a falta de água intermitente é inevitável. São problemas causados justamente pelo excesso de consumo. 

Apesar do aumento da demanda, a Cagepa garantiu que não haverá racionamento ou rodízio como estava previsto antes da chegada do verão. A empresa informou que houve melhoria no potencial de abastecimento principalmente de João Pessoa e Cabedelo, na região metropolitana, que subiu dos 1700 para os 1950 litros por segundo, o que corresponde a um aumento de 12,82% na capacidade de distribuição da água. O aumento é devido a reativação de poços e ajuste na estação de tratamento da Capital.

Plantão no carnaval

Ainda de acordo com a Assessoria de Imprensa da Cagepa, durante o período de carnaval, equipes estarão de plantão durante 24 horas para atender possíveis problemas técnicos no sistema de abastecimento.

As equipes atendem através do telefone gratuito de emergência da empresa que é o 115. Os principais problemas que chegam ao serviço de emergência da Cagepa durante plantões são retiradas de vazamento, entupimento de esgotos ou rompimento de adutoras.

Esses problemas são mais comuns nessa época de verão e fazem com que o número de equipes de plantão também seja aumentado, já que há necessidade de acompanhar a demanda comum nessa época do ano.


Fonte: Portal Correio.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics