quinta-feira, 24 de abril de 2014

Cabedelo deverá ganhar Unidade de Beneficiamento de Mariscos na comunidade do Renascer III.



Foto: José Luiz Oliveira/Codevasf
A cidade de Cabedelo deve ganhar, nos próximos meses, uma Unidade de Beneficiamento de Moluscos Bivalves, conhecidos como mariscos. A garantia veio através do prefeito Leto Viana que, em reunião na última terça-feira (22), deu o sinal verde para conclusão de projeto de captação de recursos federais para implementação da Unidade, que deverá ser instalada em terreno público, localizado na comunidade de Renascer 3, onde já funcionou uma unidade de reciclagem de lixo, hoje desativada.

O encontro contou, além do Prefeito, com as participações da primeira dama do município, a vereadora Jaqueline Monteiro, da Assessora Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Sandra Mori, de representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura (Semapa), e da Associação de Pescadores de Mariscos do Renascer.

De acordo com a proposta discutida, o projeto deverá contemplar a construção de infraestrutura, com um píer, caiçara e galpões. Além disso, prevê ainda a aquisição de equipamentos para processamento adequado dos pescados, com a sua necessária certificação. Dessa forma, vai garantir a ampliação do mercado consumidor formal, em virtude da desejada segurança alimentar, e permitir que os produtores sejam mais bem remunerados por sua atuação.

“Diante das exigências legais sanitárias e do crescente apelo dos consumidores quanto ao controle de qualidade da produção de pescados, Cabedelo não pode deixar de apoiar e investir em equipamentos e estrutura para os pescadores”, destaca o prefeito Leto Viana, que ainda pediu total empenho das áreas envolvidas na elaboração desse importante projeto para a cidade e para os cabedelenses.

Segundo a representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Sandra Mori, os recursos para a viabilidade do projeto serão oriundos do Ministério do Exército ou da Pesca, num total que pode chegar até um milhão de reais. A verba, ainda de acordo com a assessora Territorial do MDA, pretende fomentar a atividade da agricultura familiar. Além disso, também vai beneficiar os pescadores artesanais, que terão a oportunidade de receber orientações através do Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFPB) Campus Cabedelo.


Fonte: PMC


0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics