sexta-feira, 18 de março de 2016

Não sei, só sei que foi assim!



Jornalista Fábio Fernandes.
Junto com as famosas águas de março, tenho recebido através das redes sociais (Facebook e Twitter) várias fotos de ruas alagadas e cheias de muita lama, com textos curtos e injustos, que imputam à atual gestão municipal toda a falta de investimentos que deixaram de ser realizados na infraestrutura da cidade de Cabedelo nas últimas décadas.

Todavia, vejo um ponto bastante positivo nisso tudo, as reclamações e cobranças estão acontecendo porque a atual gestão municipal começou a realizar obras no seguimento de infraestrutura desta cidade, fato esse que enche de esperanças os moradores de áreas afetadas pelos efeitos das chuvas, para que as ações da prefeitura também possam chegar, o mais rápido possível, às suas ruas. Por outro lado, percebo a mobilização de alguns parasitas oposicionistas, que mergulhados na política do “quanto pior melhor”, utilizam imagens recentes e até mesmo de outros invernos mais rigorosos para dizerem que a atual gestão municipal não tem feito nada pela cidade.

Até mesmo o mais ingênuo munícipe de Cabedelo sabe que em apenas dois anos e três meses de gestão é impossível resolver todos os problemas de uma cidade de vinha abandonada desde há muito tempo.

Com a ação contínua dos serviços de desobstrução de galerias pluviais, desde o inverno do ano passado que moradores de várias artérias da nossa cidade não têm mais sofrido com alagamentos em suas portas. E as consequências deste competente trabalho preventivo também poderão ser vistas na estação das chuvas que se aproxima.

A recuperação do calçamento de várias ruas, drenagem e pavimentação de outras; recuperação de praças; reformas e ampliação de postos de saúde e escola públicas; reformas no Hospital e Maternidade municipal; melhorias na distribuição de medicamentos da atenção básica da saúde; aquisição do primeiro e único mamógrafo da cidade; ações bastante positivas no seguimento de mobilidade urbana; coleta do lixo atualizada; limpeza urbana e Iluminação pública de qualidade; transparência em todas as ações, um site muito bem atualizado, em que todas as ações da prefeitura são registradas através de textos, fotos e vídeos.

Agora vem a pergunta, sempre foi assim?

- Claro que não!

Quem não se lembra da escuridão que existia na orla de Intermares, com grande parte dos postes sem iluminação, naquela época a prefeitura dizia que era para não atrapalhar o nascimento das tartaruguinhas. Dá pra acreditar? Hoje, funciona até aula de ginástica, aproveitando a boa qualidade da iluminação pública, que inclusive foi toda substituída por lâmpadas em Led (branca).

A escuridão não era prioridade só das tartaruguinhas da orla não, os comerciantes da Avenida Mar Vermelho devem se recordar da falta de iluminação pública à frente dos seus estabelecimentos. Tempo das trevas, que ninguém quer mais saber, não é?

 A Praça do Açaí, quem se lembra de como estava acabadinha, pois é, foi recuperada e hoje é um equipamento público bastante utilizado pelos moradores e turistas que visitam a nossa bela praia de Intermares.

Agora o famigerado Posto de Saúde, quem não se lembra do quanto estava sucateado, então, hoje em dia tem até piscina e aula de hidroginástica para a turma da melhor idade. Show!!!

Na saúde, em Cabedelo, tem coisa boa funcionando que muita gente nem sabe, por exemplo, a equipe de fisioterapia do município, que vai até a casa do paciente para prestar um serviço de primeiríssima qualidade. Sem contar com os serviços especializados da homeopata Dra. Miriam, que atende em várias Unidades de Saúde da Família, espalhadas pelos bairros da cidade, simplesmente fantástico!  Agora procura saber se nos outros municípios da Grande João Pessoa, inclusive a capital, se tem isso, e aproveita também para perguntar sobre a distribuição de medicamentos, para ver se pelo menos se iguala a de Cabedelo.

- E sempre foi assim?

- Claro que não, tudo isso e muito mais é fruto do trabalho sério, determinado e competente da atual gestão municipal, que tem à sua frente o administrador Leto Viana, político nobre e honrado, com nome limpo e conhecido de todos os cabedelenses, pela sua seriedade e palavra de homem em todos os compromissos assumidos.

Vocês devem estar gostando do meu texto, né? Mas vou continuar mostrando a verdade sobre Cabedelo na próxima oportunidade, senão fica muito cansativa a leitura.

Mas, antes do até logo, gostaria que fosse observado que em nenhum momento até aqui citei a palavra crise, porque isso todos sabem que estamos passando. No entanto, fica a reflexão para todos e todas, imaginem só como estaria à cidade de Cabedelo, nesse momento de crise econômica nacional, se o prefeito administrador Leto Viana não estivesse à frente da gestão municipal. 

- Eita, gosto nem de pensar.

- Xau! 


Por Fábio Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | JCPenney Coupons
Real Time Web Analytics